Como aproveitar a verticalidade dos cômodos?

0
160
Como aproveitar a verticalidade dos cômodos
5/5 - (2 votes)

Como aproveitar a verticalidade dos cômodos?

Veja como otimizar todos os espaços da sua residência.

Quem tem casa ou apartamento pequeno sabe que todo espaço deve ser bem aproveitado. Um sofá mal colocado, por exemplo, pode atrapalhar toda a circulação no cômodo e causar acidentes. Mas não é preciso se limitar apenas ao campo horizontal: um pé-direito alto traz toda uma possibilidade de espaço que, com criatividade e os móveis certos, pode ser muito bem utilizado.

Se você mora em um loft ou em uma casa pequena, descubra como aproveitar a verticalidade da sua residência.

Ganchos de parede

Chaves em cima da mesa, casacos largados na poltrona, uma infinidade de bolsas amontoadas dentro do armário. Um simples gancho de parede pode organizar uma série de objetos e, ao mesmo tempo, dar sensação de amplitude — a bagunça “diminui” o espaço visual.

Você pode colocar ganchos de diferentes tipos ou até padronizados. O mais interessante aqui é que os objetos pendurados acabam se transformando em parte da decoração.

Panelas penduradas

Quem mora sozinho ou cozinha pouco não precisa de muitas panelas. Elas só vão ocupar espaço e mal serão utilizadas durante a sua rotina.

Os ganchos também podem servir para pendurar panelas. Eles podem ficar em uma espécie de hack próprio para panelas (também vertical), em um suporte na parede ou até colado à janela, com o vento ajudando a secá-las.

Móveis altos

Um armário largo pode tomar todo o espaço da cozinha e atrapalhar a circulação. Portanto, por que em vez de um móvel largo, você não escolhe um alto? Por ser mais estreito, ele dá a impressão de que cabem poucos itens. No entanto, sua altura compensa.

O mesmo pode ser feito com a estante. Em vez de escolher uma larga, prefira uma estreita e alta, que vai comportar livros, enfeites e outros objetos importantes. A televisão, por exemplo, pode ser fixada à parede.

Nichos

Ideais para pessoas que não têm muitos itens para organizar, os nichos substituem facilmente uma estante — mas você pode até criar uma empilhando esses organizadores.

O mais bacana dos nichos é que você adquire quantos achar necessários e dos tamanhos que preferir. Podem ser externos ou internos (inseridos à parede), colocados em qualquer cômodo e transformam objetos cotidianos em parte da decoração.

Móveis embutidos

Camas e bancadas embutidas podem ser guardadas e puxadas apenas quando são utilizadas. Além de ajudarem a manter o ambiente mais limpo (fica muito mais fácil limpar embaixo da cama, por exemplo), esses móveis permitem que o ambiente pareça mais amplo.

Outra dica: tudo o que é dobrável pode ser levado para as paredes, como banquetas e mesas. Portanto, mesmo que o móvel não seja embutido, ele pode ser colocado na parede para economizar espaço.

Móveis de dupla função

Sofás que viram camas, cômodas que se transformam em mesas e outros móveis de múltiplas funções não são necessariamente altos ou usam a verticalidade. No entanto, por serem compactos, só utilizam o espaço horizontal quando preciso. Por isso, são ideais para ambientes pequenos e apresentam um custo-benefício muito grande.

Pallets

Subutilizados por muitos anos, os pallets voltaram com tudo. Afinal, são multifuncionais e podem, inclusive, ser muito úteis para o aproveitamento do espaço vertical. Eles servem de suporte para sapatos, vassouras e até bicicletas. Além disso, podem se transformar em uma estante mais compacta.

Corredor estreito

A sua residência tem algum corredor estreito, mal utilizado? Ele pode servir como uma espécie de closet para bolsas, sapatos, chapéus e casacos.

Embaixo das escadas

Se a sua casa tem uma escada, há também o espaço por baixo dela que deve ser aproveitado. Ele pode, por exemplo, acomodar uma estante ou nichos. O fato é que, além de otimizar o local, você deixa a decoração da casa muito mais interessante.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here