É possível investir em empresas estrangeiras?

0
8
5/5 - (2 votes)

É possível investir em empresas estrangeiras?

É possível investir em empresas estrangeiras sem sair do Brasil. Neste artigo, explicaremos melhor o assunto!

Com o perfil de investidor alinhado e em busca de uma diversificação de carteira que contribua para melhorar a rentabilidade, os ativos internacionais podem ser uma alternativa interessante para os investidores brasileiros.

Publicidade

A dĂșvida Ă©, como investir em ativos internacionais? SerĂĄ possĂ­vel fazer pela B3 ou Ă© necessĂĄrio abrir uma conta em outro paĂ­s? E quem deve optar por esse tipo de ativo? SerĂĄ que existe um perfil alinhado a essa estratĂ©gia?

Conhecendo o seu perfil de investidor

Antes de entender quais sĂŁo as possibilidades de investimento em ativos internacionais, Ă© essencial entender que esse tipo de produto financeiro nĂŁo Ă© indicado para todo o tipo de investidor.

 

Ao investir em açÔes vocĂȘ estarĂĄ direcionando os seus recursos em aplicaçÔes de alto risco. Elas podem trazer uma Ăłtima rentabilidade, mas entre suas principais caracterĂ­sticas estĂĄ a volatilidade — variaçÔes significativas no preço. Por isso, ao mesmo tempo que existe uma chance de ganhar muito dinheiro, hĂĄ a possibilidade de perdĂȘ-lo.

 

Desta forma, antes de começar a investir em empresas estrangeiras, Ă© imprescindĂ­vel conhecer o seu perfil de investidor para entender se essas açÔes sĂŁo recomendadas para vocĂȘ.

Investindo em empresas estrangeiras

Para investir em açÔes vocĂȘ deve ingressar na bolsa de valores. No Brasil, a bolsa Ă© chamada de B3, entretanto, existem bolsas de valores espalhadas por todo o mundo, e diferentes empresas estĂŁo listadas em bolsas localizadas em diferentes paĂ­ses.

 

Apesar de existirem bolsas em diferentes paĂ­ses, isso nĂŁo significa que o investidor sĂł pode investir nas empresas que atuam na bolsa de valores de seu paĂ­s. Ao investir em depĂłsitos de açÔes internacionais, por exemplo, vocĂȘ negocia um tĂ­tulo emitido no Brasil, mas garantido por açÔes de empresas que nĂŁo estĂŁo na B3.

 

Existem duas maneiras de investir em empresas estrangeiras: por meio da B3 ou abrindo uma conta e transferindo recursos para outro paĂ­s. A seguir, explicaremos melhor como funcionam cada uma dessas possibilidades.

Investindo em ativos internacionais pela B3

Se o investidor tem um perfil para o risco, pode ser interessante comprar açÔes internacionais. A forma mais simples de fazer isso Ă© aplicando recursos em tĂ­tulos emitidos no Brasil, mas que sĂŁo de empresas que nĂŁo estĂŁo no paĂ­s. Por meio da B3, existem trĂȘs formas de investir no exterior:

 

Brazilian Depositary Receipts — BDRs

Os Brazilian Depositary Receipts, ou Certificados de DepĂłsito de Valores MobiliĂĄrios, sĂŁo tĂ­tulos financeiros emitidos no Brasil que representam ativos de empresas estrangeiras.

 

Ao comprar um BDR o investidor não compra a ação da empresa, mas os títulos representativos da empresa que são emitidos no Brasil. Conheça algumas características e informaçÔes importantes sobre os BDRs:

  • os BDRs estĂŁo atrelados Ă  moeda de cada paĂ­s, por isso, BDRs de empresas com açÔes negociadas nos EUA estĂŁo atreladas ao dĂłlar;
  • apesar de estar atrelada Ă  moeda de outro paĂ­s e suas variaçÔes, as negociaçÔes sĂŁo realizadas em reais;
  • na B3, hĂĄ mais de 600 empresas com BDRs disponĂ­veis para compra;
  • os BDRs estĂŁo sujeitos Ă  volatilidade e variaçÔes de moedas.

Fundos de investimento

Alguns fundos de investimento sĂŁo compostos por açÔes de empresas internacionais. É uma opção interessante para o investidor que deseja investir em ativos internacionais, mas prefere contar com o conhecimento, suporte e estratĂ©gias do gestor do fundo.

 

Exchange Traded Funds — ETFs

Outra opção sĂŁo os Fundos de Investimento Baseados em Índices. Ao comprar cotas de um ETF baseado em Ă­ndices estrangeiros, vocĂȘ poderĂĄ investir em empresas internacionais sem precisar abrir uma conta fora do paĂ­s, enviar dinheiro para fora e pagar os custos associados ao cĂąmbio e outros tributos incidentes.

Investindo em açÔes internacionais de forma direta

AlĂ©m da B3, existe a possibilidade de investir em açÔes internacionais de forma direta, abrindo uma conta no paĂ­s que vocĂȘ quer investir e enviando dinheiro para fora. Esse processo envolve algumas etapas:

  • abertura de conta na corretora fora do paĂ­s;
  • enviar dinheiro para essa conta por meio de transação de cĂąmbio;
  • recolher a taxa de cĂąmbio; e,
  • recolher o Imposto sobre OperaçÔes de CrĂ©dito, CĂąmbio Seguro (IOF) e o Imposto de Renda (IR).

Independente da forma escolhida, investir em açÔes internacionais pode ser uma excelente opção. Entretanto, para ser viåvel, deve estar alinhada ao perfil do investidor e adequada às suas estratégias.

 

Para investir em empresas estrangeiras é preciso ter conhecimento, cautela e ficar atento a questÔes econÎmicas e à variação do cùmbio. A volatilidade é uma característica comum das açÔes, por isso demanda atenção e cuidado por parte do investidor.

Publicidade

Deixe seu comentĂĄrio:

Por favor digite seu comentĂĄrio!
Por favor, digite seu nome aqui