Entenda como introduzir o esporte na vida das crianças

Incentivar a criança a praticar esportes desde cedo traz inúmeros benefícios para a saúde dela

0
79
Incentivar a criança a praticar esportes desde cedo traz inúmeros benefícios para a saúde dela (1)
Incentivar a criança a praticar esportes desde cedo traz inúmeros benefícios para a saúde dela (1)
5/5 - (1 vote)

Entenda como introduzir o esporte na vida das crianças

Incentivar a criança a praticar esportes desde cedo traz inúmeros benefícios para a saúde dela

É natural que os pais queiram que seus filhos cresçam com saúde, desenvolvendo-se bem fisicamente como seres humanos. E uma das formas de promover isso na vida dos pequenos é justamente incentivando-os a incluírem a prática esportiva em seu dia a dia.

Não é por menos que há vários pais que dão uma chuteira de futsal infantil para seus filhos como forma de cultivar essa nova paixão. Contudo, nem sempre é uma tarefa fácil incentivá-los, sobretudo quando as crianças acham mais interessante ficar em casa conectadas ao mundo digital de tablets, smartphones e videogames.

Afinal, como isso pode ser feito? Conheça dicas valiosas para incentivá-las, assim como entenda os benefícios que os esportes trazem para o bem-estar delas, no texto a seguir.

Benefícios da prática de esporte para crianças

Começar a prática esportiva desde criança proporciona diversos benefícios para a saúde do corpo e da mente dos pequenos. O esporte ensina lições valiosas, ajudando na construção do senso de compromisso e responsabilidade ao praticar modalidades coletivas. Elas também aprendem sobre a importância de seguir regras, algo que impacta suas relações interpessoais.

No caso das crianças mais tímidas e introvertidas, o esporte pode ser uma maneira de desenvolver suas interações sociais, permitindo que cresçam com senso de coletividade e cooperação. Inclusive, o esporte é benéfico em áreas como aprendizado e cognição, já que desenvolve novas conexões interneurais, melhorando aspectos como raciocínio lógico, memória e concentração dos pequenos.

Pelo lado físico, ter o esporte na rotina ajuda a prevenir a obesidade, que está ligada à falta de gasto calórico no dia a dia da criança. Quando se mantém o corpo em movimento, o metabolismo é acelerado, queimando mais rapidamente as calorias ao longo do dia. Outra vantagem é que o movimento também ajuda a fixar o cálcio mais facilmente, prevenindo várias doenças que atingem os ossos, como a osteoporose. Outros benefícios incluem a melhora da postura, resiliência, equilíbrio, elasticidade e motricidade.

Por fim, há ainda os benefícios ligados à saúde mental. A prática de um esporte contribui para que a criança tenha menos problemas psicológicos e sociais, como estresse, insônia e agressividade. Ela também reduz as chances de desenvolver problemas ligados à depressão e à ansiedade, dentre outros.

Como introduzi-las nessa rotina saudável?

Entretanto, o que os pais podem fazer para incluir o esporte no dia a dia das crianças? O primeiro passo é analisar qual é o perfil do seu pequeno e ver quais são os esportes que combinam com ele, de modo que ele tenha interesse em praticá-lo. Afinal, a prática deve ser vista como algo prazeroso e não como uma obrigação, que ele fará contra sua vontade. Uma conversa com a criança ajudará a descobrir o seu esporte favorito, ou caso ela não tenha, ajude-a a encontrar uma modalidade que chame a sua atenção.

Nessa etapa, é muito válido levá-la para fazer aulas experimentais de alguns esportes. Por exemplo, a natação não tem restrição de idade, podendo ser ensinada desde cedo. Caso não seja do interesse da criança, pode-se fazer aulas de outros esportes, como futebol, vôlei, atletismo, basquete, dança, skate, handebol ou artes marciais. O segredo é procurar por algo que ela tenha genuíno interesse em aprender e desenvolver suas habilidades, além de se sentir confortável fazendo.

É importante que os pais entendam que o seu papel é o de incentivar, mas não o de pressionar a criança. Quando ela está fazendo um esporte pela primeira vez e naturalmente faz algo errado, a função dos responsáveis não é criticá-la ou chamar a atenção. O importante é tentar criar um hábito de elogio, destacando a evolução dela com o passar do tempo para que ela se sinta mais encorajada.

Inclusive, uma das melhores formas de encorajá-la é participar das atividades ao lado dela, ensinando-a por meio do exemplo. A criança ficará mais à vontade e terá mais interesse em fazer um esporte se perceber que os pais também têm esse interesse. No quintal de casa ou na praça, participar desse tipo de atividade deixará ela muito mais motivada e entretida.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here