Caroço na pele dos cães: o que pode ser?

0
202
Caroço na pele dos cães_ o que pode ser_
Caroço na pele dos cães_ o que pode ser_
5/5 - (2 votes)

Caroço na pele dos cães: o que pode ser?

Independentemente do que for, é essencial buscar uma avaliação veterinåria o quanto antes

Assim como nós, seres humanos, os cães também podem apresentar alguns sintomas no corpo que refletem alteraçÔes no seu organismo. O surgimento de caroços, por exemplo, é algo bastante comum e pode significar diferentes situaçÔes.

Pode ser uma reação alĂ©rgica, um ponto de acĂșmulo de gordura ou, na pior das hipĂłteses, um tumor maligno. SĂł que, a Ășnica pessoa capaz de definir qual a real situação Ă© o veterinĂĄrio. Portanto, o primeiro passo Ă© buscar ajuda em uma clĂ­nica ou hospital veterinĂĄrio.

Hoje vocĂȘ vai conhecer alguns tipos de caroços que costumam aparecer na pele dos cĂŁes e o que hĂĄ por trĂĄs de cada um deles.

Buscar ajuda sim, mas sem desespero

A associação de um caroço na pele do cachorro, muitas vezes, Ă© erroneamente associada a um cĂąncer. Isso pode sim acontecer, mas, em grande parte dos casos, a protuberĂąncia que vocĂȘ enxerga nĂŁo Ă© necessariamente um tumor.

É preciso dizer isso porque muitos donos de pet costumam se desesperar ao encontrar alguma alteração em seus bichinhos. Obviamente que buscar ajuda veterinĂĄria Ă© o melhor caminho, mas Ă© preciso manter a calma, pois o sentimento de apreensĂŁo Ă© facilmente transmitido ao animal — e desnecessariamente.

Vale dizer ainda que a maioria dos caroços que aparecem nĂŁo sĂŁo tumores. Eles se diferenciam, principalmente, por serem uma espĂ©cie de acĂșmulo de fluidos e cĂ©lulas dentro da pele do cĂŁo. Os tumores, por sua vez, sĂŁo resultantes de uma protuberĂąncia e/ou novo tecido formados por baixo da pele.

Agora que vocĂȘ jĂĄ sabe a diferença entre caroços e tumores, vamos explicar os tipos mais comuns existentes.

Abscesso

O abscesso é uma espécie de cisto que aparece, geralmente, por conta de machucados ou infecçÔes relativas a mordidas, por exemplo. Sua principal característica é a presença de pus e sangue em seu interior.

Se for esse o caso, jamais rompa a ferida por conta própria, porque o animal vai sentir muita dor. A drenagem desses líquidos só deve ser feita com a ajuda de um médico veterinårio, evitando, assim, riscos de infeccionar o local.

Cisto apĂłcrino

Devido ao bloqueio de glùndulas podem surgir os chamados cistos apócrinos, um caroço de massa dura que aparece abaixo da pele tanto de cães como em gatos. Em sua maioria são benignos, mas devem ser analisados com cautela.

Efeito colateral de vacina

Outra razão para o aparecimento de caroços é como efeito colateral após a aplicação de alguma vacina. Essa espécie de hematoma, que fica no lugar onde o animal recebeu a injeção, acaba sumindo em alguns dias.

Hematoma

Da mesma forma como a gente, quando o cachorro sofre algum tipo de choque mecĂąnico – uma pancada forte, por exemplo — hĂĄ um acĂșmulo de sangue abaixo da pele, criando o que conhecemos popularmente como “galo” ou calombo, isto Ă©, os hematomas.

Hiperplasia das glĂąndulas sebĂĄceas

Apesar do nome difícil, esses caroços aparecem por conta do crescimento acelerado das chamadas glùndulas sebåceas, aquelas que são responsåveis pela produção do óleo que ajuda a lubrificar naturalmente a pele.

Esse tipo de caroço é benigno e é mais comum de aparecer em regiÔes como pålpebras, torso e pernas do cachorro.

Histiocitoma

TambĂ©m benigno, o histiocitoma Ă© um tipo de caroço mais comum em filhotes e surgem em regiĂ”es como pernas, cabeça e orelhas do animal. Os caroços, que tĂȘm o tamanho de um botĂŁo pequeno e sĂŁo rĂ­gidos, costumam desaparecer naturalmente com o tempo.

Lipomas

Esse tipo de caroço aparece principalmente em animais acima do peso e obesos, exatamente por estar relacionado ao acĂșmulo de gordura. Os lipomas aparecem graças ao crescimento acelerado de cĂ©lulas de gordura, ocasionando o surgimento desse tipo de tumor em regiĂ”es como peito, patas dianteiras e abdome do animal.

Tumores de pele malignos

Uma das características mais taxativas de um tumor maligno de pele é a não sua não cicatrização, a famosa ferida que nunca sara. Eles acabam sendo bem perceptíveis e precisam ser tratados imediatamente. Quanto mais råpido for detectado o problema, maiores serão as chances de cura.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here