Refinanciamento e financiamento: produtos financeiros que muitos ainda não sabem distinguir

0
13
Refinanciamento e financiemento_ produtos financeiros que muitos ainda não sabem distinguir
5/5 - (2 votes)

Refinanciamento e financiamento: produtos financeiros que muitos ainda não sabem distinguir

Não sabe diferenciar refinanciamento e financiamento? Entenda agora esses conceitos e as vantagens que cada um oferece

 

Publicidade

Você conhece a diferença entre financiamento e refinanciamento? Muitas pessoas confundem os conceitos ou até acham que se trata da mesma coisa, mas elas estão erradas. Entender como funciona cada uma dessas opções é essencial para acertar na escolha e optar pela alternativa que não prejudicará seu orçamento mais tarde.

 

Afinal, existem taxas e condições diferentes que podem afetar negativamente o seu bolso, caso não sejam avaliadas corretamente. Logo, o endividamento “bate à porta” e você se vê em uma situação financeira delicada.

 

Para ajudá-lo a conhecer mais sobre esses dois produtos, explicamos neste artigo o conceito de cada um deles e como funcionam. Continue a leitura e confira!

O que é financiamento de veículo?

O financiamento se assemelha a um empréstimo, o qual é disponibilizado a uma pessoa física ou jurídica que tem como objetivo adquirir um veículo, seja ele novo ou seminovo — normalmente, o tomador do financiamento não tem recursos suficientes para pagar o veículo à vista, logo, precisa dessa modalidade de crédito para comprá-lo.

 

O financiamento de veículo pode ser feito tanto em instituições financeiras públicas quanto privadas, as quais, geralmente, solicitam os seguintes documentos:

 

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de estado civil;
  • Comprovante de rendimentos (holerite ou extratos bancários).

Vantagens

O financiamento de veículos oferece várias vantagens para o tomador do crédito, que facilitam a aquisição do carro novo. Veja as principais delas:

 

  • não é necessário ter em mãos o valor total: como você emprestará dinheiro do banco para comprar o veículo, não precisa do valor integral dele para levá-lo para casa. No entanto, em alguns casos, pode ser necessário dar um valor de entrada;
  • pronta-entrega: após a liberação do financiamento e da assinatura do contrato, você pode sair da concessionária com o carro sem a necessidade de esperar;
  • possibilidade de adiantar o pagamento das parcelas: se você conseguir um dinheiro extra e quiser adiantar o pagamento das parcelas, saiba que é possível. Essa é uma maneira muito eficiente de se livrar da dívida mais rápido.

O que é refinanciamento de veículo?

O refinanciamento de veículo funciona de maneira similar a outros modelos de empréstimos, porém, com uma diferença muito importante: a garantia é o seu veículo. Dessa forma, você consegue ter acesso a um determinado valor e o seu carro fica alienado ao contrato de empréstimo até que a dívida seja quitada.

 

Para conseguir ter acesso ao refinanciamento, normalmente, as instituições financeiras solicitam os seguintes documentos:

 

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda;
  • Certificado de Registro do Veículo (CRV);
  • Certidão de pagamento do IPVA.

Vantagens

Assim como no financiamento, o refinanciamento de veículos também oferece várias vantagens. Conheça, a seguir, as principais delas:

 

  • liberdade para uso do dinheiro: você não precisa usar o dinheiro do refinanciamento para adquirir outro veículo. Nesse caso, você pode usar os recursos como bem entender, pode usá-lo para abrir o próprio negócio, reformar sua casa, investir em estudos etc.;
  • juros menores: como o seu veículo é dado como garantia, a instituição financeira entende que as chances de sair no prejuízo são menores. Logo, ela consegue oferecer a você juros mais atrativos;
  • possibilidade de parcelamento: o refinanciamento de veículo pode ser pago em parcelas que vão desde 48 a 60 vezes, a depender das condições oferecidas pela sua instituição financeira. Dessa forma, é possível definir um valor de parcelas que não impactarão negativamente o seu orçamento e, assim, ter mais segurança no pagamento da dívida.

 

Agora que você já conhece a diferença entre refinanciamento e financiamento, já pode avaliar as vantagens oferecidas por cada opção e escolher aquela que considerar mais atrativa. Lembre-se sempre de procurar uma instituição financeira de confiança para fazer a negociação, ok?

 

 

Publicidade

Deixe seu comentário:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui