Dia Internacional da Mulher: Teatro Maria Clara Machado oferece programação em homenagem

0
380
Avaliação:

Dia Internacional da Mulher: Teatro Maria Clara Machado oferece programação em homenagem

Foto: Site Prefeitura Rio

Conforme informa√ß√Ķes do SITE DA PREFEITURA RIO, o m√™s da mulher ganhou uma programa√ß√£o inteiramente especial no Teatro Maria Clara Machado, com produ√ß√Ķes feitas e apresentadas por elas e, em mar√ßo, o espa√ßo recebe oito espet√°culos e uma oficina de yoga, na Mostra Mulheres em Cena.

Diretor art√≠stico do Teatro Maria Clara Machado e curador da Mostra Mulheres em Cena, Antonio Gilberto ressalta a import√Ęncia desta programa√ß√£o. “No momento em que n√≥s estamos, com tantas quest√Ķes relacionadas √†s mulheres em pauta, acho fundamental que se comemore esse Dia Internacional da Mulher e, como a nossa √°rea √© art√≠stica, temos que comemorar fazendo arte”, diz ele.

Al√©m das apresenta√ß√Ķes, no dia 8 de mar√ßo, √†s 16h, ser√° realizada a mesa redonda Mulheres e Viol√™ncia, com participa√ß√£o da subsecret√°ria Rachel Valen√ßa, a cineasta Eunice Gutman e a autora de teatro, roteirista e atriz, Renata Di Carmo. A entrada √© gratuita.

No primeiro dia, a mostra recebe a estreia nacional da pe√ßa “Mujeres de Arena”. O texto mexicano, que j√° foi apresentado em tr√™s continentes, relata casos de feminic√≠dio e desaparecimento de mulheres com n√ļmeros atualizados e imagens das v√≠timas. “J√° come√ßamos com um tiro no peito, porque as pessoas fingem que isso n√£o existe”, afirma a diretora e atriz, Rosite Val.

Criadora do “Cheiro de manga”, Laura de Castro ressalta a import√Ęncia do destaque √† causa feminina. “A gente se sente confiante fazendo parte desta rede, unidas umas √†s outras”, afirma ele, apontando uma brecha na √°rea. “Ainda h√° poucas mulheres atuando na t√©cnica”.

PROGRAMAÇÃO

MUJERES DE ARENA

7 e 8 de março, às 21h

√Č um grito de den√ļncia contra os feminic√≠dios e os desaparecimentos de mulheres que ocorrem no Brasil e na Am√©rica do Sul.

Texto: Antonio Cerezo Contreras, Marisela Ortiz, Denise Dresser, Mal√ļ Garcia Andrade, Mar√≠a Hope Eugenia Mu√Īoz, Servando Pineda Jaimes e Juna R√≠os Cant√ļ;¬†

Dramaturgia: Humberto Robles;

Figurino: Carol Bianque; Direção e atuação: Rosite Val.

SILÊNCIOS CLAROS

9, 10 e 11 de março, às 20h

Quatro contos de Clarice Lispector (O Grande Passeio, Uma Tarde Plena, A Fuga e Uma Galinha), sem adapta√ß√Ķes, reunidos num espet√°culo com leitura din√Ęmica.

Textos: Clarice Lispector; Cenografia: Jorge Roriz; Figurino: Kiara Bianca; Direção: Fernando

Philbert; Atuação: Ester Jablonski.

PE√áA DE C√āMARA PARA 1 ATRIZ E 4 PERSONAGENS

14 e 15 de março, às 21h

O espetáculo apresenta os dramas de três mulheres que vivem sob o mesmo teto e o reencontro com o homem que está ligado a todas elas.

Texto: Maria do Rosário de Assumpção Braga; Direção e atuação: Duaia Assumpção.

UMA CIRANDA PARA MULHERES REBELDES

17 de março às 21h e 18 de março às 20h

Criado coletivamente a partir de uma pesquisa sobre a vida de quatro mulheres que estiveram envolvidas com a Revolução Russa de 1917.

Texto: Adriana Maia, Ana Achcar, Anna Wiltgnen e Dad√° Maia; Cenografia: Adriana ferreira;

Figurino: Fl√°vio Souza; Elenco: Adriana Maia, Ana Achcar, Anna Wiltgnen e Dad√° Maia.

UM ATO

21 e 22 de março, às 21h

A peça é composta de pequenas histórias e poemas, dos autores e poetas que constroem um caminho de pensamento sobre as violências que temos vivido.

Texto: Affonso Romano de Sant’anna, Eduardo Galeano, Paulo Leminski, Mario Quintana, Viviane Mos√© e Wislawa Szymborska. Cenografia: Andr√© Palatnic; Figurino: Ronald Teixeira. Atua√ß√£o: Marcia do Valle.

EU √Č N√ďS

23 e 24 de março, às 21h e 25 de março às 20h

A obra surgiu a partir da palavra “desamparo” encontrada no livro “Quem pensas tu que eu sou?”, de Abr√£o Slavutzky. Processo colaborativo: Abr√£o Slavutzky, Leonardo Netto e Suzana Saldanha; Dramaturgia: Suzana Saldanha; Dire√ß√£o: Luis Artur Nunes; Atua√ß√£o: Suzana Saldanha.

CHEIRO DE MANGA

Com dan√ßa, teatro, canto e m√ļsica, tem o objetivo de mostrar a pluralidade da arte.

28 e 29 de março às 21h

Criação e interpretação: Laura de Castro; Trilha sonora original: Eduardo Rezende.

O CHEIRO DA FEIJOADA

O monólogo musical mostra a memória de uma lavadeira, preta velha centenária, que conta a história do prato enquanto canta samba, xotes e funk.

30 e 31 de março, às 21h e 1o de abril às 20h

Texto: Thomas Bakk; Cenografia: Iléa Ferraz; Figurino: Thaís Delgado; Direção e atuação: Iléa Ferraz.

YOGA DANCE PARA MULHERES (OFICINA)

24 e 31 de março às 14h

Aula e vivências da filosofia do Sagrado Feminino.

Facilitadora: Mariah Mariana

SERVIÇO

Teatro Maria Clara Machado (Avenida Padre Leonel Franca 240, G√°vea)

Telefone: 2274-7722

Ingressos (peças e oficina): R$ 40

Horário de funcionamento da bilheteria: terça a sábado, das 14h às 21h; domingo às 14h às 20h.

Pagamento em dinheiro.

 

Fonte: http://prefeitura.rio/web/guest/exibeconteudo?id=7717773

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here