7 curiosidades sobre o chihuahua

0
174
7 curiosidades sobre o chihuahua
7 curiosidades sobre o chihuahua
5/5 - (2 votes)

7 curiosidades sobre o chihuahua

Veja 7 curiosidades e informa√ß√Ķes sobre a menor ra√ßa de cachorros do mundo

Os chihuahua s√£o a menor ra√ßa do mundo e, por isso, geram muita curiosidade ‚ÄĒ al√©m de serem muito fofos por conta do tamanho (ou da falta dele). S√£o tamb√©m considerados uma das ra√ßas de cachorros mais populares do mundo, pois est√£o presentes em praticamente todas as sociedades, do ocidente ao oriente.

 

Voc√™ sabia que os √ļltimos tr√™s recordes de menores cachorros do mundo s√£o justamente dos chihuahuas? Afinal, sua estrutura √© realmente bem pequena. Mas h√° muitas curiosidades que envolvem esses cachorrinhos. Confira algumas delas.

7 curiosidades sobre os chihuahua, os menores c√£es do mundo

Por serem tão populares, os chihuahuas realmente chamam a atenção e geram curiosidade. Veja algumas delas a seguir!

1. Longo tempo de vida

De maneira geral, cães menores vivem mais do que os maiores e, sendo a menor raça do mundo, essa regra continua sendo verdadeira. Os chihuahua são uma das raças que mais vivem, podendo viver cerca de 20 anos, quase uma década a mais do que muitos cachorros de grande porte.

 

Por isso, s√£o considerados c√£es de vida longa, e quem deseja um deles precisa estar ciente disso. Al√©m disso, esse tempo de vida tamb√©m depende da sa√ļde desse animalzinho, por isso, os tutores precisam prestar aten√ß√£o na alimenta√ß√£o e na sa√ļde geral.

2. Sensibilidade ao frio

Os chihuahuas são extremamente sensíveis ao frio, mais do que outras raças, mesmo que sejam pequenas. Por isso, é um cachorro de ambientes internos e não deve ser exposto ao frio sem proteção.

 

Mesmo em dias considerados quentes pelos tutores, é preciso observar se há algum desconforto aparente, pois o cachorro pode estar passando frio. Assim, sempre deixe preparado um cantinho fofo e quente para ele.

3. Tremedeira

A tremedeira característica dessa raça pode estar relacionada ao frio, mas não apenas isso. Apesar da sensibilidade a temperaturas mais baixas, a tremedeira também pode indicar medo ou alegria.

 

Essa √© uma ra√ßa com muita energia, por isso os sentimentos e as sensa√ß√Ķes transparecem pelo f√≠sico, principalmente essa tremedeira, t√£o caracter√≠stica dos c√£es de pequeno porte.

4. Muita energia acumulada

Como dissemos, esses animais t√£o pequenos contam com muita energia acumulada que precisa ser gasta. Por isso, os chihuahuas s√£o c√£es muito ativos, que sempre est√£o brincando, correndo ou se movimentando.

 

Para gastar toda essa energia acumulada, é indicado que façam uma caminhada de cerca de 30 minutos por dia, além de brincar diariamente com bolinhas ou brinquedos que façam com que eles gastem essa energia correndo e pulando.

 

Porém, é preciso ficar atento, pois tendem a brincar até chegar à exaustão, sendo recomendado ao tutor reconhecer esse limite antes do excesso de cansaço.

5. Adestramento necess√°rio

Por conta de toda essa energia que nem sempre √© gasta, √© comum que os chihuahuas a ‚Äúdescontem‚ÄĚ na casa, destruindo tapetes, chinelos, mexendo no lixo, arranhando m√≥veis, entre outras a√ß√Ķes como essas.

 

Apesar dos estragos não serem tão grandes, esse comportamento pode mostrar que seu pet está entediado, estressado ou, simplesmente, ainda resta energia em seu corpo. Nesses casos, o adestramento pode ajudá-lo a controlar melhor essa energia e dissipá-la no lugar certo, além de diminuir o estresse e a ansiedade.

6. N√£o latem sem motivo

Apesar de muita gente achar que todo cachorro pequeno late muito, essa não é uma característica dessa raça. Os chihuahuas costumam ser bem tranquilos no quesito latido e só o fazem quando se sentem ameaçados de alguma maneira.

 

Porém, é preciso perceber também que, por serem pequenos, é comum que as pessoas acabem ultrapassando seus limites (como pegá-los no colo quando eles não querem ou invadindo seu espaço), o que pode ser estressante para eles, levando aos latidos mais frequentes. Diminuir esse estresse ao respeitar melhor o espaço do pet pode ajudar a diminuir os latidos, caso esse seja um problema.

7. Fiéis e ciumentos com tutores

Essa √© uma ra√ßa bastante fiel aos seus tutores, o que √© um ponto positivo, pois tendem a ser bastante companheiros. Por√©m, um outro lado desse comportamento √© o ci√ļme, que pode gerar problemas de comportamento, como avan√ßar em outras pessoas ao superproteger seu tutor.

 

Apesar disso, é uma raça que se dá bem com outros animais e vive em harmonia com os pets, principalmente com cães da mesma raça. Notícia perfeita para quem gosta de ter vários animais correndo pela casa.

 

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here