Conheça o processo de produção das cervejas e seus principais ingredientes

0
100
Conheça o processo de produção das cervejas e seus principais ingredientes
5/5 - (1 vote)

Conheça o processo de produção das cervejas e seus principais ingredientes

Bebida possui diversos sabores e vem ganhando cada vez mais adeptos mundo afora

 

Do Carnaval à Oktoberfest, a cerveja é uma bebida que caiu no gosto do brasileiro. Mas você sabe como funciona o processo de produção, da colheita dos grãos até a cervejeira na cozinha da sua casa? Hoje em dia, com a popularidade das cervejas artesanais, é possível encontrar diversos métodos de produção e sabores inusitados.

 

Uma pesquisa feita em 2022 pelo Numbeo indica que o Brasil ainda é um dos países que mais consomem cerveja no mundo, com 7% do total levantado. Na lista, estamos atrás apenas de EUA e China, que lidera o ranking.

 

Mas então vamos direto ao ponto, para entender o que está por trás dessa bebida tão famosa, como é produzida e curiosidades sobre ela ao longo da história. Acompanhe a seguir.

A produção da cerveja ao longo do tempo

A hist√≥ria da cerveja possui diversas vers√Ķes, mas acredita-se que seu surgimento est√° associado √† forma com que a agricultura evoluiu no per√≠odo da Mesopot√Ęmia. Isso porque os produtores passaram a armazenar gr√£os e cereais (cevada e trigo), mas n√£o se preocupavam em isolar a produ√ß√£o de contato com o ambiente.

 

Desta forma, a cevada guardada em barris de madeira pode ter entrado em contato com água da chuva. O processo de fermentação natural se iniciou ali, dando origem ao que hoje chamamos de cerveja, uma bebida alcoólica resultado da fermentação de cereais.

 

Hoje em dia, produzida por máquinas industriais ou de forma artesanal, a cerveja mantém uma certa receita base a ser seguida. Cada marca adiciona seu toque pessoal de sabor, que pode ser uma combinação de ingredientes, tipo de fermentação, qualidade dos cereais, entre outros.

Como a cerveja é produzida nos dias atuais

A produ√ß√£o da cerveja para consumo, como conhecemos hoje, pode ter se iniciado no per√≠odo do Imp√©rio Romano. Considerada um ‚Äúp√£o l√≠quido‚ÄĚ, a bebida era apreciada em tabernas, principalmente pelos homens, e fazia parte do card√°pio de celebra√ß√Ķes em qualquer √©poca do ano.

 

Hoje em dia, diversas cervejas produzidas em escala industrial conseguem entregar um nível de qualidade superior. Uma boa cerveja é aquela que prioriza o uso de bons ingredientes, água pura, tempo de fermentação adequado e sabor, conforme seu tipo.

Produção industrial de cerveja

Para fabricar qualquer cerveja, √© preciso separar os quatro ingredientes principais: √°gua, l√ļpulo, malte e fermento. √Č comum a adi√ß√£o de milho, arroz e outros cereais, j√° que o malte √© complexo de ser manuseado e influencia nos custos de produ√ß√£o.

 

Na fábrica, esses quatro ingredientes são misturados, resultando em uma mistura densa e de cor amarelada. Após essa etapa, o líquido é armazenado em grandes tanques de fermentação, que podem ser naturais, como madeira, ou com processo controlado, como tanques industriais pressurizados, aquecidos etc.

 

Depois do processo de fermentação, a cerveja é resfriada e maturada. Aqui é onde o sabor final aparece, e a bebida passa pelo controle de qualidade de cada fabricante. Depois de maturada, a cerveja é filtrada, para garantir a ausência de resíduos sólidos restantes da produção.

 

Feito isso, a cerveja é envasada e pasteurizada, e segue para as distribuidoras ao redor do mundo.

Produção artesanal de cerveja

No Brasil, diversas marcas ficaram famosas nos √ļltimos anos por oferecer cervejas artesanais em escala de mercado. No artesanal, o processo √© parecido com o de uma f√°brica, mas a escolha dos ingredientes √© ainda mais cuidadosa, podendo ter diversas etapas.

 

Tamb√©m pode haver a adi√ß√£o de outros ingredientes, como ervas, extratos e at√© mesmo a√ß√ļcar, intensificando o n√≠vel de fermenta√ß√£o. Diferentemente do industrial, onde tudo √© feito a partir de uma f√≥rmula, no artesanal existe espa√ßo para experimenta√ß√£o.

 

Por conta disso, é comum que os tanques de fermentação tenham torneiras, para que o produtor verifique aspectos como cor, sabor, textura e aroma durante o processo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here